Buscar
  • solucoesambientais23

Salsa e cebolinha - Nossos temperos de cada dia.


Esse grupo de plantas é espetacular! São temperos deliciosos para incrementar suas receitas. Aprenda a cultivar na sua casa e tenha sempre à disposição temperos orgânicos e frescos!

Segundo a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a época ideal para o plantio é de abril a junho. E a colheita pode ocorrer 70 dias após a semeadura para a cebolinha e, 60 dias após a semeadura para a salsinha.

Elas gostam de luminosidade e solo úmido, bem drenado e levemente ácidos (pH entre 5,5 – 6,5) para a salsinha, e mais básico para a cebolinha (pH entre 6,0 e 6,8). É preciso ter cuidado ao regar para que o solo não fique encharcado. Por isso é aconselhável sentir como está a terra antes de aguar.





Recomenda-se uma adubação orgânica com esterco de aves, suínos ou bovinos, pelo menos 30 dias antes da semeadura ou transplante. Para adubação química, aplicar 200 g/m2 de NPK da fórmula 4-14-8, a adubação nitrogenada em cobertura parceladas em 15, 30 e 45 dias após transplante e a medida que vão sendo feito os cortes deve-se repetir a adubação em cobertura.


Para adubação com AduBio (fertilizante orgânico nitrogenado) a adubação pode ser feita no preparo do solo e logo já realizado o transplante e/ou semeadura, uma vez que o AduBio possui mineralização lenta de nutrientes, permitindo a disponibilidade gradativa e contínua dos nutrientes para as plantas, dispensando aplicações parceladas de nitrogênio e reduzindo, assim, os custos na formação e manutenção do cultivo.

Sendo assim, é indicado para o cultivo de salsinha e cebolinha. A aplicação de AduBio em pó na quantidade de 100 g/m2, dispensando a adubação de cobertura, uma vez que o AduBio possui liberação lenta de nutrientes por até 3 meses.



O AduBio deve ser sempre incorporado ao solo, ou quando feito adubação ao pé da planta, este deve ser enterrado sob solo. Assim, os microrganismos mineralizam o AduBio de forma mais eficaz.


A propagação da salsinha é feita preferencialmente por sementes diretamente no local. Já a cebolinha pode ser através de sementes ou mudas produzidas a partir dos bulbilhos. Em caso de transplante de mudas por sementes, este é feito 30 a 40 dias após a semeadura. Outra opção é transplantar mudas de cebolinhas de touceiras antigas, cortando as folhas acima da gema apical e podando as raízes. Essa operação deve ser feita, de preferência, de março a julho.


Para colher, tanto a cebolinha quanto a salsinha, é só cortar a parte aérea (folhas e galhos), deixando um dedo do solo. Não corte somente as folhas mais velhas, no caso da salsinha, a planta deve ser podada por completo, assim também na cebolinha.

Lembrando que após a colheita, deve-se realizar a adubação de cobertura, no caso de adubação com AduBio em pó, este deve ser aplicado a cada 3 meses, mantendo assim a nutrição das plantas com bons rendimentos na colheita.



Fontes: https://www.alice.cnptia.embrapa.br https://www.hortaeflores.com/2015/09/cultura-da-cebolinha.html



17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo